Gargalos na cadeia de suprimentos que podem ser resolvidos com Inteligência Artificial

Seu mercado está investindo pesado em inteligência artificial para automação de alguns serviços? Pois é, não é “só moda”: a partir de uma solução de IA adequada é possível aumentar a eficiência e a fluidez de inúmeros processos, incluindo os que mais podem gerar gargalos na cadeia de suprimentos.

Pense comigo: cada etapa da cadeia gera uma quantidade enorme de dados. A análise correta dessas informações pode indicar melhorias significativas, seja de produção ou de movimentação dos produtos comercializados. A palavra-chave, aqui, é precisão. A inteligência artificial é indispensável para tornar o sistema a prova de erros, na medida do possível.

Adotar a alta tecnologia para entendimento de dados é uma forma, inclusive, de otimizar a expertise da equipe para decisões estratégicas da cadeia de suprimentos. Afinal, muitas horas que poderiam ser investidas em ideações são hoje gastas com trabalho operacional que, além de maçante, pode induzir ao erro humano.

Em outras palavras, não é preciso substituir uma força de trabalho por outra, apenas qualificá-las. Mas, onde? Onde é exequível aplicar a inteligência artificial para resolver gargalos na cadeia de suprimentos sem criar novos obstáculos?

Separamos, abaixo, os principais deles.

Gargalo 1: problemas em equipamentos que geram prejuízo no produto final

Esse gargalo é muito comum nas indústrias, onde mesmo com toda a automação ainda existem falhas recorrentes no processo de suprimentos. Na etapa da produção, a inteligência artificial pode atuar como forma de manutenção preditiva, já que os dados podem apontar para as condições operacionais ideais e atuais, fazendo um rápido comparativo entre o que se quer ter e o que, de fato, se tem.

Através da IA, aquelas tradicionais visitas periódicas programadas para manutenção de equipamentos podem ser canceladas ou otimizadas, dependendo da legislação de cada setor. Com isso, as manutenções preventivas podem ser concluídas mais rapidamente, já que os técnicos responsáveis já fazem a visita conhecendo os obstáculos existentes, em vez de ir avaliá-los in loco. 

Gargalo 2: alterações inesperadas que geram atrasos

Quem nunca teve de lidar com uma alteração de última hora que obrigou o processo a voltar duas casas que atire a primeira pedra. Não há muitos setores que possam se vangloriar de não saber o que é isso…

Com a Inteligência Artificial, os algoritmos implementados podem fazer o gerenciamento completo das demandas, incluindo os imprevistos. E não só isso: ela ainda sugere o plano B, para o caso de o plano A se mostrar inviável. Como? Pela análise de estimativas e histórico de dados.

Quem trabalha com logística de transportes ainda se beneficia da IA a partir da estimativa de clima e tempo durante todo o percurso de uma viagem, checando antecipadamente os potenciais atrasos. Estamos falando sobre saber a probabilidade de tempestades e, fora do Brasil, até furacões e tufões, antes de colocar os caminhões na estrada.

Gargalo 3: armazenagem

Você não leu errado: armazenagem, além de ser uma etapa da cadeia de suprimentos, é geralmente um enorme gargalo para a maioria das empresas. A razão é simples: fazer inventário a mão, ou usando sistemas muito primitivos, é um convite irrecusável ao erro.

Identificar padrões de pedidos e inventários não é mais um trabalho para softwares simples, mas para uma excelente aplicação de inteligência artificial – preferencialmente complementada com doses de Machine Learning. Em outras palavras, seu sistema precisa entender, analisar, prever e concluir todas as particularidades do seu armazenamento.

Caso ele não faça isso hoje, está na hora de mudar de sistema. 

Perder estoques por erro de armazenamento é um dos erros mais prejudiciais da cadeia de suprimentos, já que a armazenagem é uma das primeiras paradas no caminho da cadeia. Sem ela, todo o resto pode se transformar em um gargalo potencial. 

Portanto, otimize sua logística de armazenamento de forma urgente e eficaz. Caso contrário, sua empresa pode perder muita vantagem competitiva. 

Gargalo 4: realizar a entrega dentro dos padrões esperados

Você reparou que, em 2020, muitas empresas voltadas ao frete atualizaram sua dinâmica de entregas? Com a pandemia e o distanciamento social, as vendas a distância cresceram exponencialmente, fazendo com que muitos negócios recorressem às transportadoras para continuar existindo.

É provável que você tenha reparado em novos nomes do mercado, o que não acontece por acaso. Quem investe em alta tecnologia, validada pela inteligência artificial, acaba entregando de forma diferenciada. Esse valor é percebido pelo cliente, que compreende e indica a companhia a outros players. 

Para essa etapa da cadeia de suprimentos é possível adotar inteligência artificial a partir não só de sistemas ultramodernos, mas de robótica para montagem, veículos independentes e rastreadores de alta potência para garantir ainda mais segurança ao frete. 

No Brasil, os veículos autônomos ainda não estão disponíveis, mas sua empresa pode se valer da inteligência artificial para analisar os padrões de entrega, as rotas potenciais, definir rotas alternativas e administrar o contato entre a “carga” e o cliente final, por exemplo.

Gargalo 5: gerenciar pedidos para fornecedores

Por último, mas não menos importante, a inteligência artificial também pode resolver gargalos de gestão na cadeia de suprimentos. Definir cronogramas de pedidos, identificar fornecedores que estão mais caros – ou até desnecessários – na atual etapa do mercado e fazer investimentos assertivos nessa seara são obstáculos gigantescos para quem trabalha no setor.

Todos eles podem ser resolvidos a partir da IA aplicada para análise de padrões. Assim, não sobra e nem falta estoque, os pedidos serão mais pontuais e precisos e a economia financeira poderá vir de todos os lados.

Mais uma vez, não é questão de adotar um sistema simples de organização de pedidos, mas de aplicar IA para auxiliar ativamente na tomada de decisões estratégicas e potencialmente lucrativas à sua empresa. Ou seja, não se trata, apenas, de não gastar dinheiro, mas de fazer ainda mais dinheiro tendo a excelência como prioridade.

Os gargalos soam facilmente identificáveis, mas a adoção de inteligência artificial na sua cadeia de suprimentos ainda gera dúvidas? Não se preocupe! A TEVEC está aqui para te ajudar.

Entre em contato e vamos, juntos, encontrar a melhor solução para deixar seu processo mais moderno, enxuto e requerido pelos clientes finais.

Banner para Estudo de Caso

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Acompanhe nossas postagens e notícias.

Nossos Clientes

Faça parte da rede de clientes que utilizam as nossas recomendações para as melhores decisões de negócio em cada elo da cadeia de suprimentos.

Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de tudo que acontece sobre inovação em
Inteligência Artificial aplicada em Supply Chain.

FALE CONOSCO

Rua Cardeal Arcoverde,2365
3º andar - Pinheiros
São Paulo / SP · 05407-003

A EMPRESA

Precisa de mais alguma coisa?

Fale com nossos especialista s e descubra como fazer seu negócio ser mais rentável.

Você escolheu receber as melhores decisões de abastecimento.

1.

Vamos começar? Preencha o cadastro para entrarmos em contato pelo canal e horário que você escolheu.

2.

Gostaríamos de conhecer um pouco mais sobre o seu negócio.